sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

CONVOCAÇÃO COBRAPOL!


Mantenham-se mobilizados. Poderemos ser chamados a qualquer momento.

Fonte: http://cobrapol.org.br/convocacao-oficial/

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

Mobilização sobre reforma previdenciária - 07.12.2016



A Presidente da ADPESP, Marilda Pansonato Pinheiro, esteve presente, nesta quarta-feira, 7, da mobilização da qual participaram policiais de todas as carreiras, para manifestar a insatisfação com o texto da reforma previdenciária, que já teve parecer favorável do relator, Deputado Alceu Moreira (PMDB-RS).
O entrave são as regras de transição além da retirada da Polícia Civil do rol das carreiras de risco.
Os SIPOLs de Bauru, Presidente Prudente e SINPOLSAN de Santos, entre demais entidades, igualmente organizadores da manifestação, falaram aos presentes através de seus respectivos presidentes. As lideranças condenaram os processos de transição previstos na reforma e destacaram que o caso do policial não pode ser visto sob a ótica do servidor público comum, em virtude dos riscos e peculiaridades oriundos do dever.

O Delegado Geral de Polícia, através de nota oficial do Conselho da Polícia Civil, também manifestou apoio ao manifesto:
Fonte: http://adpesp.org.br/noticias-exibir?not=3056

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

A MARCHA DO SAL





No ano de 1930, mais precisamente no mês de março, Handas Karamchand Gandhi, o Mahatma Gandhi, juntamente com vários de seus seguidores e simpatizantes, deu início ao movimento que ficou reconhecido como a " Marcha do Sal", também conhecida pelo nome de Satyagraha. 
A "Marcha do Sal" foi um movimento de protesto contra o Reino Unido, o qual proibia a Índia, naquela época uma de suas colônias, a adquirir qualquer produto de outros países ou de manter qualquer plantação ou extração para proveito próprio, pois, adquirindo somente os seus produtos contribuía financeiramente para o enriquecimento do império britânico. 
A marcha teve início em 12 de março e terminou somente no dia 06 de abril daquele ano. 
Durante a marcha várias pessoas foram a ela se juntando, contabilizando-se centenas de indianos, paquistaneses, britânicos e pessoas de outras nacionalidades, as quais, finalmente, conseguiram atingir o seu objetivo, que era alcançar o mar de Bombaim, região ao norte da Índia. 
Mesmo com a prisão de seu líder, Mahatma Gandhi, o qual foi agredido pelos policiais ingleses, sem esboçar qualquer reação, os militantes se mantiveram firmes, ocorrendo, posteriormente à prisão de Gandhi, a prisão de mais de cinquenta protestantes, os quais também formam violentamente agredidos, isto sem impor qualquer resistência ou agressão aos policiais. 
O sentido simbólico da marcha era demonstrar aos líderes ingleses que, mesmo diante dos mandos e desmandos da metrópole, a colônia (Índia) não iria ficar inerte e se calar. Os indianos, liderados por Gandhi, passaram a desafiar o império britânico, pacificamente, não mais atendendo às leis emanadas pelo Reino Unido. 
A partir da Marcha do Sal, o Reino Unido passou a permitir que a índia extraísse e consumisse o próprio sal, gerando enormes prejuízos financeiros ao império e, a partir daquele momento, outras tantas ações, sempre pacíficas, foram adotadas, até viabilizar a independência da Índia e do Paquistão. 
Este breve e singelo relato tem o condão de fazer com que as pessoas façam uma breve reflexão sobre aquilo que realmente buscam, seja no campo profissional ou pessoal. O importante é que tenham a consciência de que para atingir qualquer objetivo sempre haverá lutas, e algumas delas com um oponente bem mais forte e preparado, mas nem por isso deixaremos de "brigar", esbravejar, pois não há vitória sem batalha, e esta, não precisa ser sangrenta, conforme demonstrou Mahatma Gandhi, ela pode sim ser pacífica, serena, enérgica e com engajamento.

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

ALESP 07.12.2016


Abaixo temos vídeos da participação do SIPOL BAURU no ato realizado na ALESP em 07.12.2016. O primeiro se deu na rampa de acesso a CASA DE LEIS DO ESTADO DE SÃO PAULO, ao passo que o segundo ocorreu no auditório FRANCO MONTOURO




Veja outros vídeos no nosso canal no youtube!

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

Aposentadoria diferenciada para Policiais?



Rafael Alcadipani


Há quase 4 anos eu acompanho o cotidiano de trabalho de policiais. Assim como é praticado no mundo todo, eu considero que os policiais devem sim ter uma aposentadoria diferenciada devido a natureza e a especifidade do seu trabalho. Considero que a aposentadoria especial para policiais se justifica muito mais do que para Políticos, Juízes, Diplomatas e Promotores, por exemplo. O debate, eu acredito, deve ser o formato desta aposentadoria e em quais situações ela se aplica. Ao fim e ao cabo, não se faz reforma de previdência a toque de caixa, sem um debate aprofundado e sem que esteja muito claro a conta que cada um vai pagar.

Fonte:https://www.facebook.com/Alcarafael/posts/10211600362506249?comment_id=10211620426047825&notif_t=feed_comment_reply&notif_id=1481207204998468

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

sábado, 3 de dezembro de 2016

REFORMA DA PREVIDÊNCIA!



Através do Presidente da FEIPOL/SE, Sr. Kiko, recebemos cópia do presente edital de convocação o qual divulgamos.

Vale ressaltar que NOSSA Entidade de Classe apoia incondicionalmente qualquer espécie de luta a qual vise proporcionar, restabelecer e manter direitos e prerrogativas para TODAS as carreiras de Polícia Civil.


EDITAL DE CONVOCAÇÃO (07/12/2016)

As entidades classistas nacionais e regionais subscritoras deste edital, representativas das diversas categorias policiais civis, em conformidade com seus estatutos, CONVOCAM TODOS OS POLICIAIS CIVIS PARA MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE PROTESTO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA, A SE REALIZAR NO DIA 07/12/2016 EM CADA ESTADO DA FEDERAÇÃO, RECOMENDADO O HORÁRIO A PARTIR DAS 9H E 30 MIN, EM LOCAIS ESCOLHIDOS PELAS ENTIDADES DE CADA ESTADO QUE SEJAM ESTRATEGICAMENTE SITUADOS PARA FINS DE DIVULGAÇÃO, MOBILIZAÇÃO E ADESÃO MÁXIMA.
As entidades de classe referenciadas alertam que o cenário para os policiais civis e federais de todo o Brasil é altamente adverso quanto à Reforma da Previdência a ser encaminhada pelo Governo Federal nos últimos dias da sessão legislativa do corrente ano.
O texto-base da referida Reforma, em síntese, tornará a realidade do profissional de polícia totalmente inócua e nula, agravando algo que já é mais que notório em nível nacional.

A proposição do Governo engloba os seguintes pontos altamente prejudiciais, os quais apontamos os principais, sem prejuízo de outros com certeza danosos a direitos funcionais dos policiais:

- fim da paridade, inclusive para quem já faz jus à aposentadoria;
- relativização do direito adquirido quanto à paridade, tempo de serviço e de contribuição;
- estabelecimento de uma idade mínima de 65 anos, inclusive para aqueles que já forem servidores ativos (até a idade de 50 anos, não haveria praticamente regra de transição, enquanto que para aqueles que já ultrapassaram tal limite de idade, deverá cumprir período adicional de tempo em relação ao regime atual)
- unificação dos limites remuneratórios dos regimes de previdência, os quais terão como teto aquele vigente no regime real (máximo definido pelo INSS);
- aumento da alíquota previdenciária, possivelmente para o valor de 14%;
- fim de todas as disposições próprias do regime especial de aposentadoria.

A situação é de urgência e de calamidade para a própria existência das instituições de polícia judiciária no Brasil, havendo um tratamento díspar nas intenções do Governo em relação aos militares da Forças Armadas, os quais merecidamente serão excluídos da Proposta de Emenda Constituição da Reforma da Previdência, sendo negociadas suas mudanças por lei complementar.

DESSA FORMA, OBJETIVANDO ORGANIZAR ATOS LOCAIS E NACIONAIS CONTUNDENTES DE REPÚDIO CONTRA A DESTRUIÇÃO DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS POLICIAIS , CONCLAMAMOS  A MÁXIMA E PLENA ADESÃO DE TODOS!


POLICIAIS CIVIS: TODOS MOBILIZADOS NO DIA 07/12! LUTE PELOS SEUS DIREITOS, NÃO ESMOREÇA! SUA OMISSÃO SERÁ A GRANDE CULPADA, DEPOIS NÃO RECLAME DE SUA ENTIDADE!


COBRAPOL – Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis

AMPOL – Associação Nacional das Mulheres Policiais do Brasil

FENAPPI – Federação Nacional dos Profissionais em Papiloscopia e Identificação

FEIPOL / SUL - Federação Interestadual  dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Sul

FEIPOL / CENTRO-OESTE - Federação Interestadual  dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Centro-Oeste

FEIPOL/NORDESTE - Federação Interestadual  dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Nordeste

FEIPOL/NORTE - Federação Interestadual  dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Norte

FEIPOL / SUDESTE – Federação Interestadual  dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Sudeste

FENDEPOL – Federação Nacional dos Delegados de Policia Civil

ADEPOL DO BRASIL – Associação dos Delegados de Polícia do Brasil

SIPOL BAURU prestigia posse da nova diretoria do SINDPESP

Presidente do SINDPESP Raquel Kobashi Gallinati e
Diretor Jurídico do SIPOL BAURU Alexandre Costa Bernardino

Tomou posse na sexta-feira (2/12) a nova diretoria eleita para o triênio 2016/2109 do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo. A cerimônia bastante concorrida realizou-se no Auditório Paulo Kobayashi da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. No seu discurso de posse, a nova presidente Raquel Kobashi Gallinati, prometeu ser incansável na luta dos delegados do estado de São Paulo, por melhores condições de trabalho e pela valorização da policia civil, ressaltando que uma de suas missões, agora à frente do sindicato, é unir a categoria. Por fim, num gesto de dedicação à classe, a doutora Raquel citou as palavras do grande líder ocidental, o inglês Winston Churchill, quando declarava guerra contra Hitler. “ Tudo o que posso lhes oferecer é sangue, suor, lágrimas e trabalho”.

A Diretoria do SIPOL BAURU parabeniza os novos Dirigentes do SINDPESP lhes desejando uma profícua gestão.

Fonte:https://www.facebook.com/sindpesp.delegados?fref=ts

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

3 de Dezembro - Dia do Delegado de Polícia.


A Polícia Civil de São Paulo, assim como o SIPOL BAURU, prestam homenagem a todos os valorosos Delegados de Polícia, pelos relevantes trabalhos de polícia judiciária prestados.

“O Delegado de Polícia é o primeiro garantidor da legalidade e da Justiça” (STF, HC 84.548, Rel. Min. Marco Aurélio, DJ 21/6/2012)

fonte: https://www.facebook.com/PoliciaCivildeSP/photos/a.308198742545538.77884.229617030403710/1302316323133770/?type=3&theater

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Nota de Apoio!



A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, os SIPOLs de Bauru e Presidente Prudente e o SINPOLSAN de Santos manifestam total e irrestrito apoio à Polícia Federal no que tange à Operação Lava-Jato e às pautas que tramitam hoje no Congresso Nacional 

As entidades entendem que o país atravessa um dos momentos mais delicados de sua história, sendo a Polícia Federal uma das grandes responsáveis, através de um trabalho árduo e pontual, pela preservação da confiança da população no poder público. 

Também reiteramos que o trabalho da Polícia Federal é hoje reconhecido e aclamado por todos os segmentos da sociedade, portanto atestado e comprovado por sua integridade e competência acima de quaisquer interesses diversos ao cumprimento do dever. 

Sendo assim, compreendemos que o combate à corrupção passa de maneira inexorável pela conservação das funções da Polícia Federal, preservando assim um trabalho que vai além de interesses corporativos e burocráticos. O combate à corrupção urge das premissas dessa Instituição, portanto é de extrema importância que elas sejam reafirmadas e reforçadas. 

Bem como cabe ao Judiciário, através de seus órgãos competentes, garantir que os interesses da sociedade estejam acima de vaidades e que o trabalho exercido pela Polícia Federal, hoje grande protagonista das ações da Lava-Jato, permaneça atuante e legítimo.

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"

DIÁRIO OFICIAL DE HOJE (01/12/2016) publica promoções por antiguidade e merecimento, confira!




















Já  não era sem tempo!

D.O. de hoje publica lista de promoções por antiguidade e merecimento , as primeiras de 2016. Não deixem de conferir. Teremos que ter uma segunda lista até o final do ano. Há tempo hábil ou os OPERACIONAIS terão apenas uma promoção no ano de 2016? Se isso ocorrer será mais um fato inédito na nossa história!

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"