quarta-feira, 24 de agosto de 2016

IAMSPE - Atenção novos Policiais, fiquem atentos ao prazo!




Com o arrocho salarial que vivemos, cada vez mais POLICIAIS CIVIS não conseguem pagar Plano de Saúde, algo que era perfeitamente possível em 2013.

Assim, a procura pelo IAMSPE aumentou sensivelmente surgindo inúmeras dúvidas, das quais fazemos as seguintes considerações:

1. Ao ingressar no serviço público, o Servidor tem o prazo de seis meses para indicar seus dependentes no IAMSPE. No nosso caso, este prazo começa a correr da nomeação. Vale frisar que neste período inicial é o momento oportuno para relacionar os pais como dependentes.

2. Após este prazo inicial de seis meses são considerados dependentes apenas os consortes (marido e mulher) e filhos.

3. Depois este prazo de seis meses não será mais possível colocar os pais como dependentes, para tanto é necessário que seja editada uma lei normatizando isso, e como todos nós sabemos estamos em "CRISE" assim, tão cedo isso não será possível.

4. Como não poderia deixar de ser o(a) companheiro(a) tem os mesmos direitos do marido e mulher, inclusive para casais homoafetivos, podendo ser indicado(a) como(a) dependente, bastando para tanto uma DECLARAÇÃO POR ESCRITO. Surgindo dúvida entre em contato com a ouvidoria do órgão (http://www.iamspe.sp.gov.br/index.php/ouvidoria-menu).

5. Vale frisar que o Policial Civil pode obter facilmente sua carteirinha de acesso ao IAMSPE a qualquer tempo, sendo que os prazos acima indicados se referem apenas aos dependentes.

6. Ninguém é obrigado a permanecer no IAMSPE, para tanto, o SIPOL BAURU disponibiliza a ação necessária para seus filiados se desincompatibilizarem, Basta entrar em contato através do e-mail: sipolbauru@hotmail.com.

"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"